(011) 4420-3732      contato@clinicarenova.med.br    |   

Esfoliação para pele oleosa e acneica: qual é a melhor forma de fazer?

Quem tem pele oleosa sofre bastante incômodo com o excesso de brilho e a acne, que podem deixar marcas. Para essas pessoas, uma rotina de cuidados adequada é a chave para controlar o sebo e evitar que as espinhas tomem conta da pele.

Um passo muito importante, nesses casos, é a higienização: afinal, o acúmulo de impurezas na pele entope os poros e causa ainda mais oleosidade e acne. Essa etapa deve ser repetida duas vezes por dia - de manhã e à noite, antes de dormir - e deve ser feita com produtos específicos para esse tipo de pele, como sabonetes com substâncias como ácido salicílico, ácido lático ou adapaleno, para diminuir a formação de cravos e espinhas, além de possíveis manchas de acne.

Além da limpeza, a esfoliação também é um passo muito fundamental, pois ela também limpa a pele e remove as células mortas, auxiliando a desobstruir os poros e a evitar o excesso de sebo.

Porém, embora a esfoliação para pele oleosa seja um hábito benéfico, é preciso ter cuidado: se você tiver muitas espinhas, principalmente aquelas avermelhadas e doloridas, é melhor consultar um dermatologista antes. Isso porque a esfoliação pode agredir essas lesões, piorando a inflamação e podendo até deixar manchas e cicatrizes.

Nos graus mais altos de acne, o indicado é realizar limpezas de pele com um dermatologista ou esteticista e substituir a esfoliação por máscaras faciais de argila verde, por exemplo.

Fonte: Medical Site

Agende sua consulta!
Rafaella Leal - Doctoralia.com.br